segunda-feira, 26 de abril de 2010

Atendimento

Atendimento/loja

O Atendimento/loja é um local privilegiado para o visitante obter informações sobre o Museu, o concelho de Alvaiázere, bem como adquirir produtos relacionados com o identidade cultural alvaiazerense.


Centro de Documentação

Centro documentação 

O Centro de Documentação, especializado em duas principais áreas temáticas, a Biblioteca do Juiz Conselheiro Rodrigues Pardal e os estudos/publicações locais (em organização) tem como principal objectivo a salvaguarda e gestão do espólio documental do Museu Municipal de Alvaiázere, para além de promover a sua divulgação junto dos diversos públicos.



Serviços

Serviços


Inventário

Conservação e Restauro

Serviços Educativos

Exposições Temporárias



.: 2014
Memórias e historia na palma da mão
Alvaiázere … quando o património é sempre uma descoberta
Coro Antigo

.: 2013
Papel texturado “Struktur – Design”
Introspecção
O cultivo do chícharo
Arqueologia Subaquática – Caso de estudo da gruta do bacelinho
Mostra de trabalhos em vitral

.: 2012
A arte de trabalhar o estanho
Autociclos, motociclos e outros ciclos…
Macau, Património da Humanidade
Textura em Tela II
Biciclos, bicicletas, triciclos e outros ciclos

.:2011
Texturas em Tela
Exposição de Design e Arquitectura "i.D&A"
Encáustica Mostra de Trabalhos
Técnicas de Pintura e modelagem p/ mais Novos
Autociclos, motociclos e outros ciclos…
Visões sobre o Espelho
Presépios, partilha de uma Paixão
Exposição Árvores de Natal

.: 2010
Mostra de Pintura em Acrílico
Memória de um Território
Pessoa Revisitada em Espaços

.: 2009
Actores Urbanos
Conchas do Mundo
Jogos, Instrumentos Musicais e Brinquedos Tradicionais
Uma Carta Coreográfica

.: 2008
Cais Palafítico
Caminho de EssênciaDe Corpo e Alma
Miniaturas Carros BombeirosNo Tempo Brincar
Percursos
Rabiscuits

.: 2007
Pianofortissimo
Mostra Etnográfica

Arqueologia

Exposição arqueológica do concelho de Alvaiázere

A exposição de arqueologia distingue-se pela variedade, quantidade e qualidade das peças expostas; reúne um património arqueológico de características únicas, destacando-se os artefactos provenientes das Antas do Ramalhal (Rego da Murta) e do sítio arqueológico da Rominha.
Esta mesma posição está organizada em termos cronológicos, constituindo um interessante testemunho museológico cuja memória importa preservar. Essa memória é conciliada com a necessidade de modernização e adaptação à linguagem expositiva contemporânea.

Ofícios Tradicionais

“Tempo, espaço e memória” – exposição permanente de ofícios tradicionais

Numa área geográfica com características eminentemente rurais a vida comunitária estava estreitamente ligada à relação homem/terra, sendo que a qualidade de vida dessa mesma comunidade dependia das artes e ofícios que permitiam a exploração da terra enquanto principal fonte de subsistência.
A presente exposição comporta um número diversificado de peças do século XX recolhidas sobretudo no concelho de Alvaiázere e que constituem o testemunho vivo de memórias, tempo e espaços singulares que caracterizam uma identidade cultural que tende a desaparecer.
O espaço expositivo integra 10 núcleos temáticos, que se interligam através de um percurso informativo, dedicados a algumas das artes e ofícios tradicionais que marcaram a região: agricultor, sapateiro, tecedeira, costureira, canteiro, carpinteiro, ferreiro, taberneiro/merceeiro e barbeiro.
Perante a impossibilidade de apresentar neste espaço a totalidade de profissões a que a nossa comunidade se dedicou ao longo do tempo, recriamos uma selecção das artes e ofícios que se destacaram na vida alvaiazerense por serem prática frequente ou porque o respectivo desempenho era específico de determinadas zonas do concelho.
Porque esta comunidade sempre valorizou a educação como forma de desenvolvimento integral dos indivíduos, recriamos, também, o ofício do professor primário, figura de referência na comunidade por se considerarem os seus ensinamentos como base do desempenho moral e intelectual daqueles que com ele contactaram.
Com esta exposição, então, pretende-se que cada um de nós, cidadãos repositórios de memórias, inseridos num espaço e tempo, possamos “regressar ao afago das coisas da terra”.

terça-feira, 20 de abril de 2010

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Contactos

Museu Municipal de Alvaiázere

Rua José Augusto Martins Rangel - 3250 Alvaiázere

Telef. 236650710

e-mail: museu.municipal@cm-alvaiazere.pt